Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim

Página inicial
Contato
(28) 3526-5622
Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim

Notícias

19.04.2017

Sessão 18 de abril-Resumo dos Pronunciamentos

 

 

 

Resumo dos Pronunciamentos do dia 18 de abril de 2017

 

 

Higner Mansur (PSB)

 

Falou que é necessário defender a agricultura familiar e o artesanato local, para fortalecer a economia da cidade. Afirmou que as Câmaras Municipais estão desvalorizadas, mas que poderia ser feito projeto para que alunos de escolas acompanhem às sessões, para terem noção de como funciona a política e no futuro possam participar ativamente nela. Falou que ano passado foi procurado por aluna da Multivix para falr sobre a história da Praça Jerônimo Monteiro e o Bernardino Monteiro. “Chamar o Bernadino Monteiro de Palácio foi coisa do Valadão, que penso que esvaziou a identidade de um prédio tradicionalmente ligado à cultura e a educação. Quando o Palácio era uma escola, era frequentado majoritariamente pela classe média e alta local, mas os pobres trambém estudavam lá, apesar da exigência do uso de sapatos, numa época em que isto era artigo de luxo para os mais carentes, que costumavam andar descalços. Do ponto de vista histórico, penso ser necessária preservaçao da praça, do chafariz e do próprio Bernardino, pois uma cidade sem memória não persiste”, falou o vereador. Disse estar feliz por ver a Praça sendo utilizada em eventos culturais, ainda que sejam poucos.

 

 

Edison Valentim Fassarela (PV)

 

Disse que os vereadores foram convidados para audiência pública sobre o atendimento neurológico em Cachoeiro, que contou com palestrantes falando sobre o AVC e as neurocirurgias que serão feitas no HECI, para as vítimas da doença. Disse que serão implantadas unidades da rede CUIDAR em várias cidades do estado, que contarão com atendimento neurológico, o que pode desafogar o CRE de Cachoeiro.

 

 

Alexandre Andreza Macedo (DEM)

 

Disse representa também a comunidade de Valão de Areia na Câmara, e que procura atendimento da Prefeitura para as demandas da comunidade, fazendo várias indicações, entre outras iniciativas, mas que a resposta que sempre tem é que falta maquinário da Secretaria do Interior. Afirmou que a ponte da comunidade está intransitável, mas que a Secretaria do Interior vai fazer a manutenção da mesma estabelecendo parcerias.

 

 

Paulo Sergio de Almeida (PRP)

 

Disse que a cidade tem vários veículos abandonados, ou apenas parados há vários dias de forma irregular, em vias públicas e que é preciso tomar providências.

 

 

Alexon Soares Cipriano (PROS)

 

Disse que o serviço de saúde de Cachoeiro está ruim, e que constatou falta de materiais básicos no posto de saúde do Village, que também conta com obras paradas e falta de profissionais. Disse que a UPA do Marbraza também está sofrendo carência de papel higiênico, e que os plantonistas em regime de 24 horas estão sem a alimentação garantida por lei e que já tem moradores da cidade indo para os postos de saúde às 9h00 da noite para garantir uma consulta no outro dia. Disse que o projeto nº 23, da prefeitura, não está em consonância com a s propostas feitas durante a campanha eleitoral.

 

 

Delandi Pereira Macedo (PSC)

 

Disse que fez visita ao bairro Nossa Senhora Aparecida, cujas obras de terraplanagem foram retomadas, e à Vila Olímpica, cujo calçadão foi concluído, mas já está bastante danificado pelas chuvas, assim como algumas obras no bairro Rubem Braga. “O que me deixa assustado é má qualidade das obras, que tem fiscais designados para acompanhá-las. As empreiteiras deviam refazê-las, já que foi só começar a chover para aparecerem os danos ”, falou o vereador. Disse que administração passada dizia só fazer obras de qualidade, mas isso nem sempre é verdade, e que a Vila Olímpica teve parte de seus recursos utilizados em obras do Bairro São Luiz Gonzaga, que também não foram concluídas. Afirmou que é preciso melhorar o gerenciamento da distribuição de remédios por parte da prefeitura, já que nos locais onde os medicamentos são entregues todos os dias se formam filas enormes.

 

Elio Carlos Silva de Miranda (PDT)

 

Disse que pediu informações à AGERSA sobre a Odebrecht Ambiental e o serviço de água e esgoto prestado aos cachoeirenses, mas recebeu praticamente as mesmas que estão disponíveis no site, que considera superficiais. Agradeceu à Secretaria de Serviços Urbanos pelos serviços de limpeza e capina efetuados no Bairro Aeroporto, apesar das limitações de maquinário. Falou que o PLO 26, que estende o ticket-feira aos servidores comissionados, terá impacto positivo na agricultura familiar local, pois o movimento da feira do produtor aumentará significativamente.

 

 

 

Wallace Marvila Fernandes (PP)

 

Disse que a educação física é componente curricular obrigatório no Ensino Infantil, mas que em Cachoeiro foi cortada da rede municipal na redução dos gastos na educação efetuada no ano passado, que inclusive fechou algumas escolas. “No entanto, vários problemas no desenvolvimento das crianças , que precisam de detecção precoce, como o autismo, podem ser apontados pelo educador físico”, afirmou o vereador. Afirmou que municípios vizinhos têm professores de Educação Física nas creches, sendo Cachoeiro a exceção. Disse que seu projeto não cria regras na educação municipal, apenas regulamenta a legislação federal existente.

 

Rodrigo Sandi (PTN)

 

Disse que fez o projeto de resolução para que seja criada a Comenda “Edio Fornazier Filho”, a ser entregue aos auditores fiscais da cidade. “Foi uma pessoa muito querida na cidade, merecendo ter seu nome em uma homenagem”, falou o vereador. Afirmou que o bairro Zumbi precisa de ter sua dignidade respeitada, e que a comunidade está precisando de melhorias no serviço de limpeza pública. “São os vereadores que ouvem as demandas da comunidade, e não os secretários. Por isso fazemos tantas indicações e pedidos às secretarias”, falou o vereador. Disse quer apesar de a população reconhecer a falta de maquinário da prefeitura, ela quer que o Executivo “tire o pé do freio” e mostre serviço, pois já passaram os primeiros 100 dias da administração e tudo está como no início do mandato.

 

 

Bras Zagotto (SD)

 

Disse que a encenação da semana Santa feita no Grêmio santo Agostinho foi um sucesso, com mais de 8.000 expectadores, e agradeceu a todos os envolvidos na organização do evento. Pediu que a comenda “José Basílio de Souza” seja entregue a Antonio Volpini.

 

 

 

 

 

Renata Sabra Baião Fiorio Nascimento (PSD)

 

Disse que pediu informações na SENDURB e SEMMA sobre sobre o quantitativo e andamento de processos e requerimentos nas duas secretarias. “A fusão das secretarias pode ser inviável devido ao tempo de tramitação dos processos, teve gente que reclamou que tem processos s pendentes nas secretarias há mais de 5 anos, e penso que é preciso resolver estas questões antes da fusão das instituições, caso ela aconteça”, falou a vereadora. Disse que a Secretaria de Obras deveria ter profissionais que entendam de obras de escolas, pois muitas vezes essas instituições têm recursos para pequenas reformas, que ficam sem uso por que elas precisam de projeto arquitetônico para que sejam efetuadas melhorias em seus imóveis. Disse que as

Instituiçoes que cuidam dos idosos de Cachoeiro estão sem receber os repasses da prefeitura, ainda que a Câmara já tenha votado o projeto que transfere recursos para estas ientidades.

 

 

Diogo Pereira Lube (PDT)

 

Disse que esteve em dois distritos de Cachoeiro e constatou a falta de materiais básicos, como papel higiênico nos postos de saúde , além da carência de profissionais e veículos adequados. Falou que dia 17 de abril foi comemorado o Dia Internacional do Combate a Hemofilia, mas que não viu nenhuma ação de conscientização nos postos de saúde locais a respeito do assunto, que também não contam com acompanhamento adequado para mães no período pós-parto. “É um período no qual as mulheres ficam fragilizadas, e é preciso melhorar a assistência prestada a elas”, falou o vereador,

 

Allan Albert Lourenço Ferreira (PRB)

 

Sugeriu que, pelo menos uma vez ao mês, uma das sessões ordinárias da Casa seja realizada a partir das 17h00, que entende que será uma maneira que proporcionará maior participação popular nas sessões.

 

Sílvio Coelho Neto (PRP)

 

 

Disse que gostaria de saber se a compra de cerca de R$ 300.000, 00 em papel higiênico, programada para ano passado foi feita. Afirmou que p posto de saúde da localidade de São Vicente está sem materiais de higiene. “Não tem como promover saúde sem limpeza”, falou o vereador. Falou que soube que o Poder Executivo resolveu o problema do transporte escolar para os universitários e alunos de cursos técnicos dos distritos. Agradeceu a SENSUR pela limpeza que está sendo feita em Conduru. “Há anos que o distrito não recebia serviços adequados de limpeza das vias públicas”, falou o vereador.

Rua Barão de Itapemirim, 05 - Edifício Comendador Juarez Tavares Mata - Cep: 29300-110 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

cmci@cmci.es.gov.br  /  28 3526-5622

 

© 2013 - Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim. Todos os direitos reservados.